terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Ângelo Agostini e Sebastien Auguste Sisson



Em 2012 foi lançado o primeiro volume de A História da Caricatura Brasileira, um ambicioso projeto editorial de Luciano Magno para mapear o gênero da arte de caricaturas no Brasil. Este estudo aponta precursores para o que hoje convencionou chamar de arte sequencial, revelando que em 15 de outubro de 1855, o francês Sebastien Auguste Sisson publicou no Brasil o que agora é atribuída como sendo a primeira história em quadrinhos brasileira, chamada "O Namoro, Quadros ao Vivo". Christian Sisson, o tataraneto do artista, resgatou a memória das realizações de seu ancestral com material preservado por meio do Instituto Sisson. Este material foi organizado em amostra e exposto na 1ª BIENAL INTERNACIONAL DA CARICATURA - BRASIL, no bairro da Lapa - RJ, local de residência deste precursor das histórias em quadrinhos no Brasil.

A três décadas atrás não se tinha este conhecimento. Quando a Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo (AQC-ESP) instituiu o 30 de janeiro como sendo o Dia do Quadrinho Nacional, no ano de 1984, estimava-se que Ângelo Agostini, um italiano radicado no Brasil, seria o pioneiro das histórias em quadrinhos no Brasil com a publicação da série "As aventuras de Nhô-Quim ou Impressões de uma Viagem à Corte", no jornal carioca "Vida Fluminense" no ano de 1869. Esta iniciativa da AQC-ESP foi então um início de uma jornada de pesquisas que tornaram o assunto cada vez mais interessante para os entusiastas da chamada "Nona Arte".


SAIBA MAIS:

1a BIENAL INTERNACIONAL DA CARICATURA - BRASIL: https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=138812022955938&id=124814881022319

Luciano Magno lança catálogo da 1ª Bienal Internacional da Caricatura - Brasil: http://www.cartacapital.com.br/cultura/catalogo-da-bienal-de-caricatura-refaz-percurso-de-um-genero-3708.html

Dia do Quadrinho Nacional: http://www.universohq.com/universo-paralelo/dia-do-quadrinho-nacional-ou-dia-nacional-dos-quadrinhos/

As Aventuras de Nhô Quim ou Impressões de uma Viagem à Corte, no jornal Vida Fluminense: http://www.universohq.com/noticias/quadrinho-nacional-comemora-145-anos-hoje/

AQC-ESP (Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo): http://aqcsp.blogspot.com.br/

INSTITUTO SÉBASTIEN SISSON: http://sebastiensisson.org

Um comentário:

  1. No Livro do Herman Lima "A História da Caricatura" de 1963 ele já fala do Sisson, do Dr. Alpha, do Oscar, esses pesquisadores de araque que são preguiçosos mesmo, são os mesmos que sempre falaram que o Tico Tico era uma revista só infantil que não tinha heróis de aventuras, que o Chiquinho era um plágio, e blá-blá-blá, o que uma simples pesquisa desmente todos eles. Uns sacripantas!

    ResponderExcluir

Comentários desastrosos serão apagados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...