domingo, 29 de dezembro de 2013

O fim do Terra Fotolog - e o resgate de antigas postagens sobre a criação do Lagarto Negro

Final de 2013 chegando para encerrar um período marcado pela confraternização entre fanzineiros e produtores independentes por meio da ferramenta virtual do Terra Fotolog. A partir do dia 30 de dezembro de 2013 todos os conteúdos ficarão indisponíveis, informa a fornecedora do serviço.

Resolvi criar esta página, aqui no blog, como forma de resgatar o material postado no Terra Fotolog pertinente ao processo de criação do personagem Lagarto Negro. Seguem revisadas as postagens dos dias: 03/01/2007; 14/01/2007; 21/01/2007; 12/09/2009; 24/09/2009; e 26/09/2009.


Metatron - o desenho é de 1995, na época estava curtindo uma onda IMAGE COMICS!

Metatron foi projetado com a intenção de se apresentar um genérico de super-herói, mas com histórias ambientadas no Brasil. Sua fonte de poder eram os braceletes vindos do espaço, que funcionavam como uma bateria energética, conferindo ao herói capacidade de voar, uma relativa invulnerabilidade, e lançar fortes rajadas de energia pelas mãos (conceito beeeeem original). ;P

O fanzine teve uma tiragem inicial de 3.000 exemplares, custeados por anunciantes e distribuídos gratuitamente. Na época ouvi muitas críticas, diziam ser inconcebível a existência de um super-herói brasileiro, pois soava falso... “Nos EUA tudo bem, mas no Brasil fica estranho” - disseram - “Super-herói brasileiro não pode ter super poderes”. Tudo bem, criei depois o Lagarto Negro, um novo Metatron ajustado ao gosto desses leitores.



Metatron e "Anjo" Negro

O primeiro desenho acima, meio amarelado, apresenta uma evolução do Metatron. Foi feito em 1997, com o objetivo de renovar o personagem. Deixou de ter aquela cara de Booster Gold do desenho anterior e ganhou muitas das características visuais que depois aproveitei para o Lagarto Negro.

O segundo desenho já é de 1998. O personagem é o Anjo Negro. Sem poderes, armado e com as algumas características visuais do Metatron de 1997. Reparem que ele já é quase o Lagarto Negro... a máscara do Lagarto já aparece no canto inferior desta segunda imagem.



Finalmente o Anjo Negro se tornou um lagarto!

Lagarto Negro ganha aqui sua 1ª versão! O personagem Anjo Negro da postagem anterior, ganha uma nova máscara, em seguida sai a estrela no peito e entra novo símbolo e a arma de fogo cede lugar ao nunchaku. Assim nasceu o Lagarto Negro em sua primeira concepção original! Os desenhos são de 1998.

Esta ilustração revela também o porquê da troca de Anjo Negro para Lagarto Negro. :)



A capa de IMPACTO Fabricado no Brasil nº01 trazia um uniforme vermelho e amarelo para o Lagarto Negro.

Revirei antigos arquivos e encontrei os estudos de cores que vemos acima. Acho que esses estudos de cores para o Metatron são de 1996, mas não posso confirmar. Nem sabia usar computador nessa época! Usei um guache, ou algo assim, sobre fotocópias de um mesmo desenho. Mais tarde, em 2000, esses estudos foram repassados ao Fabio, que coloriu as capas da revista IMPACTO Fabricado no Brasil nº01 e 02.

A cor vermelha e a amarela foram escolhidas para pintar o Lagarto Negro na primeira edição. No tempo entre a primeira e a segunda edição assisti um programa na TV que abordava o assunto camuflagem. O programa falava que camuflagem urbana se faz com tons de cinza. Aí conversei com o Fabio, que fez as alterações para a capa da segunda edição, conforme minhas novas orientações. Esta é a razão pelo qual o personagem primeiro apareceu em cores vivas e depois permaneceu acinzentado.

Infelizmente, por ignorância ou má fé, o personagem foi atribuído como "cópia do Scarlet Spider"... Os personagens são tão distintos que dificilmente confundiriam alguém. Nem preciso dizer que são diferentes o nome, os poderes, o traje, a história de fundo, a personalidade, e a missão dos personagens quando foram comparados. As pessoas deviam ter mais cuidado antes de escrever tolices para tentar se fazer passar por entendedores.

Achava que esses desenhos acima estavam perdidos! Hoje eu não aprovaria nenhuma das escolhas de cor da época! Prefiro o Metatron como fiz na imagem abaixo!! :)



Mestre das Proezas, Morte Humana e Metatron.

A arte acima é uma montagem com desenhos de Fred, Fabiano Haussman e Gabriel Rocha, para o fanzine IMPACTO - que antecedeu a revista IMPACTO Fabricado no Brasil. Bons tempos! Eu mal sabia o que era um fanzine! A publicação era mais um mini-tabloide de bairro que um fanzine. Os heróis esquecidos acima, circularam nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, entre 1994 e 1995.



Vingador Mascarado - criação do Sebastião Seabra para o Almanaque Phenix Superação nº02, de 1991.

O meu exemplar de Almanaque Phenix Superação nº02 está caindo aos pedaços, pois o papel jornal oxidou e contaminou a capa que está quebradiça. Mesmo assim guardo com carinho na minha coleção, pois considero o Vingador Mascarado como uma influência para criação do Lagarto Negro, pois depois de ler sua HQ comecei a imaginar que era viável criação de heróis nacionais!

E com esta encerramos o resgate de antigas postagens sobre a criação do Lagarto Negro, publicadas no Terra Fotolog ao longo dos anos.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Marcelo Salaza: ajudando um colega de traço...


Na última quinta-feira, dia 05 de dezembro de 2013, um alagamento na região de Queimados-RJ levou tudo o que Marcelo Salaza construiu ao longo da vida em questão de minutos.

São três as formas de ajudar:

1- Participação emergencial

Se quiser doar algum valor ao artista Marcelo Salaza seguem os dados da conta bancaria dele e do Paypal para quem utiliza este sistema:

Itau:
Marcelo da Silva Casaqueviti
Agência: 8379
Conta Corrente: 18634-2
-----------------
Paypal:
casaqueviti@gmail.com


2- Via doação de artes

O objetivo é ajudar através de um leilão de artes originais de personagens das HQs que tanto gostamos. Nesta empreitada as mulheres saem na frente: Sonja, Vampirella, Gata Negra, Miss Marvel, e outras personagens que povoam as paginas dos comics. Artes de demais personagens também são bem vindas.

As artes podem ser em qualquer técnica: lápis, finalizadas em nanquim, guache, caneta. Os originais devem ser feitos em papel gramatura 140 a 180. Não utilize folhas oficio, pois não vendem devido a baixa qualidade do papel.

Artes podem ser enviadas para o estúdio do Amorim, para saber o endereço entrem em contato pelo e-mail:
jotahqs@gmail.com

O leilão será realizado no dia 06 de janeiro de 2014.

3- Via Catarse

Ainda em estudo. Em breve mais informações.


Saiba mais em: http://www.pencilbluestudio.com/2013/12/marcelo-salaza-ajudando-um-colega-de.html

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Seguindo os rastros da família do demônio

A originalidade na construção de personagens de quadrinhos do gênero dos super-heróis pode ser observada como uma trajetória do somatório de muitos dos trabalhos realizados anteriormente.

Novamente, vale a pena repetir: Não cabe aqui criar acusações de plágio revestidas do aspecto de denúncias escandalosas (isso além de ser um saco, não acrescenta nada) e nem denegrir a imagem dos personagens de quadrinhos mais famosos, e sim simplesmente seguir os rastros até trabalhos anteriores que podem ou não ter influenciado em maior ou menor grau os heróis atuais.

Então, qual é a relação que une o Daredevil da Marvel Comics ao Batman e ao Ozymadias, ambos da DC Comics?


Black Bat - criado em 1933

O pulp fiction chamado Black Bat Detective Mysteries, publicado entre 1933 e 1934, já trazia em seu título o nome do herói sombrio do interior de suas páginas. Black Bat é normalmente apontado como um predecessor direto do famoso morcegão do DC Comics, o Batman. Já tinha inclusive as estranhas barbatanas no antebraço e a capa com muitas pontas salientes, conforme observamos na imagem abaixo.


Barbatanas no antebraço e capa com pontas

Black Bat é Tony Quinn, que ficou cego após ser atingido por ácido. Quinn passa por uma cirurgia e então descobre que não só pode ver normalmente mas ainda pode ver perfeitamente na escuridão, além de receber uma audição muito nítida, uma sensibilidade maior do tato, e um sentido do olfato melhorado. Se agora você se lembrou do personagem Daredevil da Marvel comics, pode ter em mente que há mais influências para serem somadas ao herói.


Daredevil e Batman

A esta altura você está se perguntando, "está bem, essa eu já sabia... mas e o Ozymandias?" O nome do herói da série Watchmen foi batizado por um Alan Moore inspirado pelo poema “Ozymandias”, escrito por Percy Shelley em 1818. Este é um famoso poema da língua inglesa, inspirado em um outro poema da língua inglesa! Gostaria de conhece-los? Perdoem a tradução via Google Translate, realizada sem muito esforço.

Ozymandias de Shelley:

Eu encontrei um viajante de uma antiga terra
Que disse:—Duas imensas e destroncadas pernas de pedra
Erguem-se no deserto. Perto delas na areia
Meio enterrada, jaz uma viseira despedaçada, cuja fronte
E lábio enrugado e sorriso de frio comando
Dizem que seu escultor bem suas paixões leu
Que ainda sobrevivem, estampadas nessas coisas inertes,
A mão que os escarneceu e o coração que os alimentou.
E no pedestal aparecem estas palavras:
"Meu nome é Ozymandias, rei dos reis:
Contemplem as minhas obras, ó poderosos, e desesperai-vos!"
Nada mais resta: em redor a decadência
Daquele destroço colossal, sem limite e vazio
As areias solitárias e planas espalham-se para longe.

Ozymandias de Horace Smith:

Em silêncio areia de Egito, sozinha,
Está uma perna gigante, que de longe mostra
A única sombra que o Deserto conhece: -
"Eu sou grande Ozymandias," disse a pedra,
"O Rei dos Reis; esse poderoso espetáculos da cidade
"As maravilhas da minha mão." - a cidade se foi, -
Inútil mas a perna restante para divulgar
O lugar desta Babilônia esquecida.

Gostaríamos de saber, e alguns Hunter pode expressar
Pergunto como o nosso, quando thro 'deserto
Onde London pé, segurando o Lobo em chace,
Ele conhece algum fragmento enorme, e pára de adivinhar
O poderoso porém sem registro de corrida
Uma vez que habitavam naquele lugar aniquilada.


Dois poemas é muito para minha cabeça

Não é novidade que Ozymandias (Watchmen) deriva de um personagem chamado Peter Cannon Thunderbolt, herói da Charlton Comics criado em 1966. Mas parece que o mesmo é uma releitura de um outro personagem mais antigo chamado Daredevil, que não é o mesmo Daredevil da Marvel Comics.


Daredevil original de 1940

O tal Daredevil original era da editora Lev Gleason, e perdeu sua revista para um bando de ajudantes mirins, depois perdeu o traje (com algumas alterações) para o Peter Cannon Thunderbolt, e finalmente perdeu o próprio nome para o demônio da Marvel.


Peter Cannon Thunderbolt ganhou calças!

Além dos nomes, os personagens da Lev Gleason e Marvel Comics também coincidem na existência de um primeiro uniforme amarelo, e o arremesso de um artefato que retorna as mãos. São os respectivos bumerangue e bastão.


Silver Streak Comics nº06 e Daredevil nº01

O nome Daredevil do personagem de 1940 caiu em domínio público e agora ele reaparece com nome Devil na série Project Super Powers, revitalizado por Alex Ross e publicado pela Dynamite. Já o Daredevil da Marvel vai que vai, comemorando 50 anos do “Homem Sem Medo”! O Peter Cannon Thunderbolt andou um tempo na DC, mas teve seus direitos revertidos para seu criador. Já o Ozymandias não dá essa sorte...

sábado, 7 de dezembro de 2013

Mais do Tico-Tico: Homem de Borracha, de 1909

Se você fica fascinado pela descoberta de personagens do passado vai certamente apreciar o Homem de Borracha! Publicado no ano de 1909, no número 180 da revista Tico-Tico, o Homem de Borracha é o detento Claudino que ganha habilidades especiais graças a magia do Rei do Gênios.


O personagem só aparece uma única vez nesta história de duas páginas. (A prudência sugere indicar que aqui há o tal do spoiler, ou, no bom português: espoliação com revelações de fatos importantes na trama) Aparentemente não havia intenção em dar continuidade criando uma série, pois tudo não passou de um único sonho.


Não vá confundir com o Homem-Borracha, tradução equivocada para o Plastic Man (Homem-Plástico) da DC Comics! Publicado originalmente pela Quality Comics, o herói norte-americano foi criado por Jack Cole em 1941, durante a explosão de surgimentos de super-heróis.

Você pode acessar a revista Tico-Tico na página da Biblioteca Nacional: http://www.bn.br/

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Dr. Alpha, personagem da Revista Tico-Tico

Seguindo a dica de Rod Gonzalez fui conhecer o Dr. Alpha, uma publicação de 1905 da Revista Tico-Tico.

Sua roupa de borracha é uma espécie de escafandro, auxiliado por um gerador elétrico de oxigênio, que permite ao Dr. Alpha (criação de Oswaldo Silva) sobreviver a falta de ar atmosférico na Lua.


Sua "barquinha" chama-se Meteoro, viajava a uma légua por minuto e foi capaz de chegar até Marte, movida pelas propriedades elétricas do gás levíssimo.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Rod Tigre: "Os primeiros super-heróis do mundo foram criados no Brasil"


Revista Tico-Tico, de 1905 a 1962.

"Os primeiros super-heróis do mundo foram criados no Brasil na revista em quadrinhos Tico-Tico, podendo ser destacados principalmente 3:

Oscar: criado em 1906 por Gustavo Barroso, o super-herói possuia além de um uniforme um anel que lhe dava super-poderes, com a bandeira do Brasil talhada, um amigo que era um sapo-humanizado, e uma irmã, Borboleta, que também possuia super-poderes (asas de borboleta que lhe permitiam voar).

Dr. Alpha: criado por Osvaldo Silva em 1905 era um astronauta brasileiro loiro (tal qual Flash Gordon, Buck Rogers e Brick Bradford) que realizava viagens interplanetárias com uma nave construída por ele próprio, indo para Lua e Marte. Seu uniforme lembra muito o do Homem-Aranha.

Max Miller: criado por A. Rocha em 1913 era um garoto brasileiro filho de alemães que vivia aventuras pelo mundo, em certa altura da história, adquire um espelho mágico que lhe confere super-poderes. Também se torna mestre em lutas, armas e combates, se aperfeiçoando até chegar a idade adulta e ingressar no exercito alemão quando deixa o Brasil."

Veja a matéria completa no blog do Rod Tigre: http://bandasetevidas.blogspot.com.br/2010/11/tico-na-fazenda.html

Para os poucos que ainda não conhecem, o vocalista da banda 7 Vidas Rod (Gonzalez) Tigre foi colunista da revista Mundo dos Super-Heróis, publicação de Editora Europa, além de criador do personagem Blenq, cuja revista é publicada pela Júpiter II.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...